Princípio Base

Nossa consciência e suas características são ferramentas e possibilidades que nos são sempre disponíveis. Suas utilidades e consequências práticas são correspondente e proporcionalmente menos ou mais positivas de acordo com nossa capacidade e treino.

Procedimento Prático

O método Consciência Colaborativa desenvolve-se em três passos:

OBSERVAÇÃO E COMPREENSÃO SITUAÇÃO ATUAL

O exercício inicia com a tomada de consciência de situações práticas do dia a dia que podem ser melhoradas.

USO FERRAMENTAS DE AÇÕES MAIS CONSCIENTES

Em seguida, características, qualidades e ferramentas de ações mais conscientes são apresentadas e utilizadas enquanto problemas são resolvidos, habilidades e capacidades pessoais e profissionais são desenvolvidas.

COMPREENSÃO E TREINO AÇÕES E QUALIDADE DE RESULTADOS MAIS CONSCIENTES

As características e a qualidade de resultados de ações menos e mais conscientes são analisadas através deste exercício prático, sempre observando suas aplicações em mais situações práticas que experienciamos em nossos dia a dias pessoais e profissionais.

Etapas Específicas

Aplicado individualmente e com grupos o mapeamento utiliza-se de quatro ações:

PARAR

Habilidade de grande importância para interromper os processos de pensamentos e ações condicionados lineares. A pausa auxilia o olhar amplo, em perspectiva capaz de trabalhar situações complexas com tranquilidade e qualidade.

OBSERVAR

Além da observação da situação trabalhada em perspectiva é importante ser capaz de identificar e utilizar de forma integral e sistêmica (referências ) as diversas qualidades e relações das informações presentes.

COMPREENDER

Uma vez identificadas e qualificadas as informações, aprendemos e treinamos usar as de características menos conscientes e desenvolver as de características mais conscientes para uma melhor tomada de consciência da situação da trabalhada e resultados correspondentes.

COLABORAR

Um dos importantes resultados do processo de tomada de consciência, junto dos demais explicados nesta página, é a natural capacidade e interesse em colaborar, ou seja, de trabalhar em conjunto com parceiros, clientes e lideranças. O exato diferencial identificado por estudos científicos (referências ) em líderes de organizações que atingiram um nível de excelência na execução de seus trabalhos.

Ferramentas

As características e qualidades de ações mais conscientes são identificadas experiencialmente durante os exercícios.  Neste processo de aprendizagem é compreendido como estas características podem ser utilizadas como ferramentas de tomada de consciência e de correspondentes melhoras da qualidade de nossas ações. Estudos científicos, textos, vídeos e indicações bibliográficas sobre estes assuntos são disponibilizados na página referências (  ).

MAPEAMENTO

 

VISÃO INTEGRAL

PENSAMENTO SISTÊMICO

 

SINALIZADORES

EQUILÍBRIO EMOCIONAL

 

COLABORAÇÃO

Resultados

O exercício prático e experiencial Consciência Colaborativa resulta na familiarização e desenvolvimento das FERRAMENTASAÇÕESETAPAS e PRINCÍPIO descritos acima e consequentes HABILIDADES de fundamental importância para execução de tarefas com qualidade neste momento de grande dinamismo e complexidade que vivemos:

GESTÃO DE QUALIDADE DAS AÇÕES

 

RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

 

LIDERANÇA

 

TOMADA DE DECISÃO

 

PLANEJAMENTO

 

CULTURA ORGANIZACIONAL

Saiba Mais